Por trás da magnificência de uma toga há, na essência, sempre, um homem, igual a qualquer outro, repleto de anseios, angústias, esperanças e sonhos.

28 de junho de 2010

Já leu um Ebook? Que tal começar por este?


A virtualização está chegando com firmeza também às letras. Pode anotar: em dez anos serão escassos os livros editados em papel.

Já comprei e li livros no formato digital. Há algumas vantagens, entre elas a portabilidade (pode-se baixar em qualquer computador). Assim, é possível carregar em seu notebook, por exemplo, uma estante inteira de livros. Interessante também a possibilidade de marcar o texto do mesmo modo com que fazemos utilizando as famosas canetas fosforescentes. E para os que reclamam com o tamanho diminuto das fontes utilizadas por algumas editoras, há também o recurso de ajustá-la ao mais confortável para a sua leitura. Por fim, o livro não sofrerá com mofo ou traças. Uma vez adquirido, estará sempre à sua disposição para baixá-lo e lê-lo.

O primeiro ebook que li foi o "Jurisdição do Real x Controle Penal: Direito & Psicanálise, via Literatura", do colega catarinense Alexandre Morais da Rosa. O livro é excelente e já se tornou um bestseller entre os ebooks em português. O autor tem uma escrita que transita com versatilidade pelo direito, a psicanálise e a literatura. Uma leitura que vale a pena.

Já leu um Ebook? Que tal começar por este? O livro pode ser lido em qualquer computador ou em um reader (kindle, ipad, etc.) e encontrado aqui.

Um comentário:

  1. Paloma Albuquerque1 de julho de 2010 22:53

    Como também bibliotecaria que sou, espero de verdade que a substituição do livro impresso pelo virtual não seja nossa realidade, aceito até que seja mais pratico, mas a essência da leitura não é a mesma, faço parte das pessoas que defendem ainda o livro impresso com muita veemência, porém reconheço a necessidade dos Ebooks neste mundo de corre-corre, de fato podemos ter um belo acervo no not...

    ResponderExcluir

IDENTIFIQUE-SE E FIQUE À VONTADE PARA COMENTAR. SOMENTE COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO ACEITOS.