Por trás da magnificência de uma toga há, na essência, sempre, um homem, igual a qualquer outro, repleto de anseios, angústias, esperanças e sonhos.

"Causos"

Olhar 43!

Zé Girino

Depoimento de uma vítima

A Profissão da Testemunha

Empate no Júri

Vizinho Problemático

Carona Suspeita...

Interrogatório ou Santa Inquisição? 

Tabelião Insistente

Rábula do além-túmulo

Incompetência Transcendental

Exorcismo Judicial

Acordo Difícil...

A Morte da Cabra

ALVARÁ DE SOLTURA NÃO CUMPRIDO

Joaninha e Chupão

A Arma do Crime

FURANDO O BALÃO DA ARROGÂNCIA

AS HORAS EXTRAS

"Voto no Tomás Nonô"

O Assassinato de Guiné

DOUTOR MENINO BUCHUDO

Sobre Surras e Cascavéis...

O temível Jamaica

O Vale

Em Bolsa de Mulher...

De igual pra igual

A Oficiala de Justiça e a Foice

PAU DOS FERROS?!

Infeliz Testemunha Irracional

A foto do Ladrão

A separação judicial que enganchou na porta

A incrível audiência de interdição do pai de Silvio Santos

A coisa

Tapuru

Injúria alimentar

A criatividade nem sempre é o melhor caminho...

O Opala Velho

Testemunha com Amnésia

Galináceo jurisdicional

Descumprimento de Mandado

Amigo da Onça

A testemunha Berlinense

MATUTO TOGADO

A Estranha Zebe-Eme

A "Otoridade 51"

Saia Justa

Juiz "Animal Planet"
 
O Roubo do Carro

    7 comentários:

    1. Meu caro, parabéns pelo blog. POucos juízes têm coragem de se mostrar assim. E essa transparência pode ser valiosa. Boa sorte. Vida longa ao blog.

      ResponderExcluir
    2. Este blog honra a competência e magnitude do grande homem e digno magistrado Rosivaldo Toscano. Sucesso para essa fonte de conhecimento e interacão judicial.

      ResponderExcluir
    3. sou do RJ ... adorei tudo!.. parabéns... vida longa.. Renata

      ResponderExcluir
    4. Obrigado a todos.
      Já que gostaram, divulguem. Rir faz bem!

      Abraço.

      ResponderExcluir
    5. Encontrei esse blog por meio da leitura que faço toda semana aos artigos do Professor Lênio Streck no sitio Conjur. Simplesmente fantástico!

      ResponderExcluir
    6. Dr Rosilvado,
      Parabéns pelo sucesso , ontem pude ter o imenso prazer de assistir sua palestra nas Faculdades Integradas de Jahu , eu e meus colegas amamos, volte sempre, o senhor será sempre bem vindo na casa !

      Abraços

      ResponderExcluir
    7. Caro Dr. Rosivaldo. Não lhe conheço. Apenas hoje vi comentários a seu respeito. Parece ser um bom homem, dedicado a uma causa nobre de proteção aos mais fracos na sociedade. Mas não posso de forma alguma concordar com seu artigo sobre os negros trabalhando em um supermercado em Porto Alegre.V. Exa não sabe, ou ao menos transparece não saber, que o Estado do Rio Grande do Sul é o Estado que mais respeitou os negros no Brasil desde o império. Tivemos aqui governador negro, Alceu Collares. A primeira Mis Brasil negra Deyse Nunes. Desembargadores negros Sejalmo Santos e outros. O primeiro jogador negro do Brasil, Tesourinha. E segundo o IBGE temos o maior número de casas de religião afro do Brasil. Maior do que a falada Bahia, que jamais teve um governador negro ou um negro expoente social. Temos aqui no dia 20 de setembro todos os anos um desfile sobre a revolução Farroupilha, onde negros são homenageados com muita emoção e gratidão. Na revolução tiveram um esquadrão chamado de " lanceiros negros" até hoje idolatrados por aqui. Músicas nativistas homenageando os negros e as belas e guerreiras negras tocam nas rádios todos os dias. Grandes artistas nativistas cantam os negros todos os dias exaltando suas virtudes. V. Exa tem conhecer mais o Estado do RGS e informar-se mais antes de escrever e irradiar um ódio inexistente entre as raças. Por aqui um supermercado ( rede Zaffari/Bourbon ) foi acionado certa vez pelo movimento negro porque tinha poucos caixas e empacotadores negros e muitos caixas e empacotadores brancos. Talvez seja este o super referido em seu artigo. Este super foi obrigado a contratar mais caixas negros e pardos pelo movimento negro do RGS. Portanto seu artigo não reflete a verdade sob hipótese alguma. Antes que diga que sou mais um branco conformado e favorecido pela raça clara, digo-lhe que sou afrodescendente de mãe negra e pai branco. Tenho irmãos negros ( muito negros mesmo ) e irmãos brancos. Sempre fomos pobres mas estudamos e vencemos. O sucesso independe de cor, raça ou religião. Parem de plantar a discórdia entre as raças. Querem o quê ? Uma revolução, uma matança? Uma briga de classes sociais ? Quem tem o estudo que o senhor tem e o estudo e conhecimento que eu tenho, não pode ficar divagando e fomentando a discórdia racial. Por aqui vivemos e convivemos em plena harmonia, com oportunidades iguais para todos que querem melhorar. Se assim não fosse eu não seria um advogado por aqui bastante conhecido, pois vim de família muito pobre e afrodescendente. Esclareço que por aqui temos um exército de brancos na extrema pobreza, assim com temos negros em dificuldades, mas com uma vida digna. Pobre que não se esforça não sai da pobreza, esta é a questão. O resto é conversa fiada de ONGs e instituições desonestas que se locupletam com dinheiro público, causando ainda mais pobreza.

      ResponderExcluir

    IDENTIFIQUE-SE E FIQUE À VONTADE PARA COMENTAR. SOMENTE COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO ACEITOS.